Começar a Poupar – Como Sair das Dívidas em 5 Passos

Buscar entender como sair das dívidas, é um grande passo para iniciar a organização financeira.

Veja neste post 5 dicas práticas para entender como sair das dívidas rapidamente e ainda começar a economizar.

5 passos para economizar dinheiro 1 683x1024 - Começar a Poupar - Como Sair das Dívidas em 5 Passos
Sair das Dívidas

Com toda a certeza, juntar dinheiro é algo que todo mundo deseja fazer, porém, grande parte das pessoas se perguntam como é possível economizar dinheiro, ganhando pouco, e mais do que isso: endividados!

E se eu te disser que tem como mudar a sua vida financeira, mesmo ganhando pouco?

Vou te apresentar neste post 5 passos simples, que eu segui, e que me ajudaram a sair da posição de endividada, para dona do meu nariz!

Passo 1- Faça um Detox Financeiro

Em primeiro lugar, analise todos os seus gastos atuais e reflita se realmente você precisa consumir e gastar com tudo isso na sua vida.

Veja o que é de extrema importância, e elimine aos poucos o que é supérfluo.

Você vai perceber que nem tudo é tão necessário assim! Será mesmo que você precisa comprar sapatos novos parcelados todos os meses? Ou mesmo comer na rua todos os dias? Pare e reflita!

Se acaso precisar se alimentar na rua, será que precisa consumir sobremesa e suco todos dias?!

No meu primeiro Detox, eu não consegui eliminar muita coisa, pois a minha dívida do cartão era extremamente alta. 🙁

Então, percebi que poderia diminuir o gasto no meu almoço.

Eu sempre tomava um suco e pegava uma sobremesa. Ai estava um grande erro!!!!

+Leia Também: Como Organizar as Finanças Pessoais – 8 Passos para ter o Orçamento Pessoal dos Sonhos

Só para ilustrar:

Eu recebia R$18,00 de VR e sempre gastava em torno de R$25,00 por dia!! Isso era um absurdo, mas eu não percebia ☹

A velha história do “eu preciso” “ é alimento”, e além disso, passava no cartão de crédito. Enfim, o primeiro passo que dei, foi cortar um dos itens, ou eu tomava suco ou comia a sobremesa.

E assim, passei a gastar apenas o dinheiro que recebia para alimentação. O segundo passo, foi cortar este item.

E pasmem, passei a gastar apenas R$10,00 por dia no meu almoço, em média.

Ou seja, primeiro reduzi um custo de pelo menos R$7,00 que estava acima da minha renda, diminuindo R$154,00 por mês e R$1.848,00 no ano!!!!!! Quando gastamos um pouco por dia, não temos noção do montante que isso é no final de um ano.

O segundo passo (quando passei a gastar apenas R$10,00 por dia), me trouxe mais R$176,00 no mês, e R$2.212,00 no ano… É muita coisa Brasil!!!!

O mais chocante foi quando comecei a levar marmita, algumas vezes por semana e depois sempre!!! Foi incrível, façam as contas rs ….

Claro que este é apenas um exemplo, o meu exemplo. A minha intenção aqui é que você se inspire e faça uma adaptação para a sua realidade, como e onde pode se aplicado o detox 😉

+ Post Recomendado: 4 Ideias de Negócios Lucrativos para Renda Extra

Como sair das dívidas - Começar a Poupar - Como Sair das Dívidas em 5 Passos
Como Sair das Dívidas

Passo 2 – Livre-se do Cartão de Crédito

Acredito que este seja o passo mais difícil. Para mim, pelo menos foi.

Pois, não há mais nada a fazer a não ser parar de usar, parar de comprar, e os primeiros meses sem este “parceiro”, são terríveis, pois você deve usar o dinheiro para pagar o cartão e teria apenas o cartão para comprar, e se não vai usar, ferrou!!! Não tem compra :/

No entanto, acredite você consegue!

No meu caso, eu simplesmente deixei de sair com o cartão e deixava R$50,00 na carteira para emergência.

Todo o meu dinheiro era destinado para pagar o cartão e a divida se estendeu por uns 5 meses. Os R$50,00 eram para a emergência da emergência da emergência rs. (Triste, porém necessário)

Foram meses difíceis, mas eu venci e hoje uso apenas dinheiro, ainda não me liberei nem para ter um cartão de débito (Melhor não confiar totalmente na cura rsrs).

Claro, sem dúvida, eu fui e estou sendo bem radical, mas entender que cartão não é dinheiro fez toda a diferença na minha vida!

Passo 3 – Se pague!

Entre todos os seus gastos e dívidas, tem uma divida que é a principal, você!

Sim, em meio a este caos de “chega de dividas”, estipule um valor, por menor que seja, e o coloque como divida principal, direcionando-o a uma poupança.

Na sua lista de contas que são indispensáveis o primeiro nome deve ser o seu!

Você pode guardar na gaveta, no cofrinho, onde quiser! (Prefira o banco, por favor rs).

Mas isto deve ser uma regra. Todos os meses aquele valor deve ser a sua principal dívida, e este capital deve ser guardado.

Faça isso nem que seja com R$10,00, mas faça. O hábito vai começar a crescer e sem que você perceba estará poupando cada dia mais, e mais perto dos seus sonhos. Acredite!

Passo 4 – Diga NÃO!

Dizer não é difícil, dói, mas é necessário!

Dizer não, a amigos na hora do almoço, falando que você não vai dar aquela volta no shopping, pois levou a sua refeição, ou dizer a você mesmo que não vai comprar aquela blusinha nova, é difícil, mas a recompensa vem.

Antes de realizar uma compra, se questione, reflita se este gasto é realmente necessário, e se esta compra, não vai atrapalhar aquela sua primeira dívida, a principal de todos os meses, você!

Depois de um tempo, o “não” vem com mais facilidade, com mais maturidade, o “sofrimento” vai embora, e você às vezes nem precisa mais dizer tantos “nãos”, como no início.

Faça o teste e me conta depois… 😉

+ Leia Também: 8 Formas de Trabalhar Online e Gerar uma Renda Extra

Passo 5 – Anote Tudo

Eu sei que parece bobagem, mas no começo da sua reeducação financeira, é interessante que você anote absolutamente tudo o que gastou, desde uma bala, até algo mais caro.

No final de um ciclo, um mês uma semana, analise cuidadosamente onde você empregou o seu dinheiro e poderá ver se realmente tudo aquilo era necessário ou não.

Anotar ajuda a criar disciplina, e facilita muito a identificar os seus maiores gastos ou impulsos.

Estes foram os cinco passos principais que eu segui no período da minha mudança financeira.

O caminho é difícil, poupar é difícil, principalmente se você for uma pessoa “gastadeira” assim como eu era, poupar um real para mim, era algo inacreditável.

Mas toda vez que pensar em adquirir algo que não esteja na sua lista de prioridades e coisas essenciais, lembre-se único e exclusivamente do seu objetivo.

Foco é a palavra que deve definir a sua vida, até que você já esteja acostumado com todo o processo de mudança ao qual está passando e finalmente entenda não apenas como sair das dívidas, mas também como economizar dinheiro.

Então, foca ai:

  • Detox Financeiro
  • Xô Cartão de crédito!
  • Se pague!
  • Diga não!

Você já segue algum destes passos? Tem dificuldades em poupar?

Me conta, vou adorar saber…

E se acaso você deseja começar a ganhar uma renda extra, mas não sabe como, saiba que é possível gerar dinheiro enquanto navega na internet usando o seu celular 🙂

Quer saber mais? Conheça o Negócio Mobile (Clique Aqui) , um método completo que vai transformar o seu celular em uma fonte de renda!

Pegue mais dicas no Pinterest: Pinterest/trinteimudei

Me siga no Instagram: @blogtrinteimudei

Um abraço e até breve!

Acompanhe também no Youtube:

5 Comments

  1. Pingback: Finanças Pessoais - 8 Dicas Para Sair do Vermelho

  2. Pingback: Como fazer o seu Planejamento Financeiro Pessoal

  3. Avatar

    Claudia Silva

    Oi Rafaela…

    Encontrei seu blog por acaso no Pinterest. Adorei suas dicas para começar a poupar, já faz 1 ano que aoto todas as minhas despesas e meu grande desafio agora é livrar-me do cartão de credito.

    Vou continuar lendo suas dicas. Obrigada!

    • Avatar

      Rafaela Azevedo

      Oiê! Fico feliz que tenha gostado das dicas 🙂 O cartão de crédito é um pesadelo né? Eu sofri bastante, mas venci! Força aí, continue no foco que logo você consegue:) bjosss

  4. Pingback: Tabela para Poupar Dinheiro Semanalmente ou Mensalmente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *