Conheça a loja com posts personalizados para Instagram!

Quero saber mais!


	

Persuasão – 5 Técnicas para escrever posts vendedores

Tempo de leitura: 5 min

Escrito por Rafaela Azevedo

Você sabe como funciona a persuasão e como utilizar este recurso nos seus posts e comunicação escrita online?

Se acaso a sua resposta for não, não se preocupe! Muitas pessoas esquecem deste recurso ao trabalhar na internet e depois se perguntam porque não conseguem retorno em vendas.

Neste post você vai entender o que são técnicas de persuasão e as 5 principais técnicas para escrever artigos vendedores, vamos lá?

persuasão

Antes de começarmos, vamos ver apenas algumas respostas as perguntas mais comuns em torno deste assunto.

O que é uma pessoa com poder de persuasão?

Uma pessoa com poder de persuasão, é aquela que tem habilidades para fazer com que outra pessoa tome uma ação ou acredite em algo.

De forma resumida trata-se de um “poder” de convencimento, esta habilidade pode ser utilizada em diversos setores da nossa vida com os diversos tipos de persuasão, contudo, aqui vamos focar no recurso de persuasão, exclusivo para vendas online.

O que é persuasão em vendas?

Utilizar a persuasão para vendas trata-se de ajudar o seu cliente a tomar a ação que você deseja.

Em meio online esta ação pode ser realizar uma compra, “clicar aqui”, “saber mais” ou apenas fazer com que ele reflita sobre algum assunto.  

A principal proposta da persuasão em um post, por exemplo, é levar o leitor “onde você quiser”, com uma mistura de lógica e emoção, utilizando gatilhos mentais certeiros.

Assim sendo, confira os 5 itens indispensáveis para aplicar a persuasão em seu posts.

+ Leia também: Como ganhar dinheiro com blog – Fomas de monetização e estratégias

Técnica 1: Curiosidade

Primeiramente, você deve se preocupar em chamar a atenção do seu leitor.

Dessa forma, o título do texto é o elemento chave para despertar a curiosidade.

Sem dúvida, é após o contato com o título que o leitor decide se vai consumir o texto ou não.

Em alguns casos as pessoas podem não estar exatamente em busca do seu post, ou do tema proposto por ele.

Mas utilizando a persuasão, elas podem se sentir atraídas, curiosas e então, partir para a leitura.

Se acaso realmente estiverem realizando uma busca sobre o assunto, sem dúvida, irão ter muitas possibilidades de artigos a sua disposição.

Desse modo, o seu título fará toda a diferença, afinal você precisa se destacar entre os textos concorrentes.

Só para ilustrar, sabe quando você se depara com um post ou um vídeo e pensa: “Hum! Esse parece bom!”.

Este é de fato um pensamento ativado pela persuasão.

+Recomendado: Como criar um Blog – Planejamento estratégico passo a passo

Técnica 2: História

Com toda a certeza, eu não quero dizer que o seu post tem que começar com “Era uma vez”!

Contar histórias por certo, não significa apenas isto.

Porém, acrescentar ao seu post algum fato curioso, um problema, algo que aconteceu com você, ou até mesmo casos de sucesso, inegavelmente prende mais a atenção do leitor e criam uma conexão com o texto.

Você já prestou atenção, em páginas ou vídeos de vendas?

Quase sempre quem está apresentando o produto conta um pouco da história de como chegou até ali, ou as transformações que o produto proporcionou.

Esta atitude funciona de fato, como uma prova social, para que as pessoas compreendam o valor do que esta sendo oferecido.

Como diz o ditado: “Contra fatos não há argumentos”, é esta a linha de raciocínio involuntária que todos seguimos quando estamos consumindo um conteúdo.

+ Post Relacionado: Como escrever um post de blog – 5 Coisas que você precisa saber

Técnica 3: Conflito

A persuasão quando bem aplicada, deve apresentar um conflito para o leitor.

Neste caso sem dúvida, a intenção é fazer com que a pessoa reflita sobre a problemática do tema proposto.

Assim sendo, esta leitura deve ter como resultado uma surpreendente similaridade da situação com a sua realidade.

Por exemplo, imagine que você escreva sobre emagrecimento.

Ao decorrer do seu post, você pode apresentar ao leitor os problemas da obesidade, gerando um conflito entre ser obeso ou tomar uma atitude contra isso.

Ou seja, levar ele a refletir sobre o que está sendo explorado no post e a sua realidade.

Esta etapa faz com que a pessoa se identifique com a situação, e comece a pensar o que ela pode fazer para mudar isso na vida dela.

Dessa maneira, é o momento de partir para o próximo item.

Técnica 4: Solução

Certamente, este item é deixado de lado na maioria dos posts que vemos por aí.

Entenda: A solução do conflito proposto não é o seu leitor adquirir o produto ou serviço oferecido/promovido pelo Blog.

A solução é realmente a solução!

O leitor por certo precisa saber a solução do seu problema, sem precisar comprar algo.

Sem dúvida, vender antes de solucionar o problema não é persuasão, é chato!

Só para ilustrar:

Imagine que você esteja lendo um post que ate ajuda a entender como fazer o seu cabelo parar de cair.

Você encontra todas as causas, problemas, e quando chega na solução encontra um “ compre isto”.

Jamais faça isto, acreditando se persuasão. De fato, isto é apenas a pura e simples propaganda.

+ Leia também: 8 Passos para criar um blog de maneira correta

Técnica 5: Caminho

Em último lugar você deve apresentar ao leitor o que ele pode fazer para se aprofundar mais no assunto.

Você já apresentou em seu post tudo o que ele precisava, levou a refletir sobre o problema, e também entregou uma solução.

Com toda a certeza, ele estará interessado em saber o melhor caminho para saber mais, se aperfeiçoar, enfim se conectar mais ainda com o assunto/situação.

Certamente, o pensamento dele está guiado de acordo com a proposta do post e com isso, sem dúvida existem muito mais chances de tomar a ação que você deseja com o texto, seja “clicar aqui”, “saber mais”…

Utilizar a persuasão não significa chamar o leitor para a ação a todo o momento, bem como não significa oferecer um produto para a solução.

Ou seja, significa que a leitura deve levar a reflexões para posteriormente tomar uma ação que você deseja.

Este é o segredo dos blogs de sucesso, que geram receita e trabalham sozinhos.

Decerto, aplicar estes passos em um post requer um pouco mais de trabalho. Contudo, com o tempo você se adapta e consegue incluir estes itens naturalmente em todos os posts.

Em resumo, estes são os cinco pontos que devem ser trabalhados para incluir a persuasão em seus artigos:

  • Curiosidade
  • História
  • Conflito
  • Solução
  • Caminho

Trabalhando estes cinco elementos, sem dúvida você estará trabalhando (e muito bem) a persuasão.

Se você tem dúvidas ou sugestões, deixe aqui nos comentários 🙂

Me siga no Instagram: @blogtrinteimudei

Veja mais dicas no Pinterest: Pinterest/trinteimudei

Até breve!

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


6 Comentários

error: O conteúdo está protegido !!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.