Como fazer o seu Planejamento Financeiro Pessoal

Para quem deseja sair das dívidas ou conquistar mais coisas, nada melhor do que fazer um Planejamento Financeiro Pessoal.

Veja neste post como você pode fazer um planejamento financeiro eficaz, para ter o orçamento equilibrado e não passar mais por apertos.

planejamento financeiro pessoal 683x1024 - Como fazer o seu Planejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro Pessoal

Sem dúvida, todo mundo acha que precisa ganhar mais. Independente do salário, sempre achamos que não conseguimos comprar tudo o que precisamos. Mas sabia que existe um jeito prático para mudar esse cenário?


Isso mesmo! Talvez, você não precise apenas ganhar mais, mas sim, organizar o que já tem em mãos.

Veja os passos para fazer um Planejamento Financeiro Pessoal.

1° Passo – Entenda Finanças Pessoais

Em primeiro lugar você deve entender esta parte da sua vida.

Isto é algo fundamental, afinal, o dinheiro faz parte de 100% da nossa jornada. Infelizmente não fazemos absolutamente nada sem ele.

Sem dúvida, entender de finanças pessoais, irá lhe tirar de um ciclo vicioso, onde “ter” é o mais importante, independente da circunstância que o leve a aquisição.


Certamente, entender o que são as suas finanças pessoais, vai contribuir grandemente para o seu planejamento.

Desse modo, anote os seus custos fixos com as necessidades básicas (moradia, água, luz, alimentação).

Estes serão os pontos fixos do seu planejamento.

Estarão presentes em todos os meses. A única coisa que pode ser modificada é você economizar caso perceba que estes gastos fixos estão altos demais.

2° Passo: Descubra para onde o seu Dinheiro Vai

Em segundo lugar, após entender quais são os seus custos fixos e indispensáveis, descubra com o que você anda gastando.


Acredite olhar os gastos dos últimos meses, por certo, vai fazer você planejar o futuro com muito mais clareza.

+ Leia também: 5 Passos para Sair das Dívidas

3° Passo: Corte os Gastos Desnecessários

Sem dúvida, você pode amar ir à perfumaria todos os meses, ou compra jogos para o seu vídeo game, ou enfim, gastar com os seus hobbies. Mas precisa fazer isso todos os meses?

Certamente, dependendo do nível de gastos com coisas deste tipo, o orçamento fica apertado, e você perde o controle.

Desse modo, coloque no seu planejamento, que o custo com estes itens será de apenas 5% da sua renda.


Além disso, antes de gastar estes 5%, análise se o gasto realmente é necessário ou se não é apenas um impulso.

4° Passo: Tenha Objetivos

Para ficar mais fácil de comprar o que deseja, seja produto ou serviço: Crie metas!

Coloque em forma de metas o que você deseja e quando você deseja, divida em pequenas e grandes metas.

Desta forma, você pode ter os objetivos financeiros, de pequeno, médio e longo prazo, podendo analisar a real necessidade de cada gasto e vendo o quanto um, pode impactar a realização do outro.

planejamento financeiro pessoal - Como fazer o seu Planejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro Pessoal

Qualquer gasto pode se tonar uma meta, até mesmo uma calça jeans nova.

Quer um exemplo?

Digamos que você quer comprar uma calça nova que custa R$100,00 coloque no seu planejamento.

Você terá que ter R$100,00 para comprar a sua calça.

Hoje você consegue? Amanhã? Qual dia? Qual mês?


Mas além da calça você também quer abrir um negócio. De quanto você precisa? Para quando?

Será que comprar esta calça não vai te atrapalhar a atingir a sua meta de longo prazo? Você realmente precisa da calça agora?

O seu objetivo a longo prazo pode esperar mais um pouco? Este gasto de hoje não vai impactar lá na frente?

Parece chato se organizar desta forma, mas depois de algum tempo , este pensamento vai se tornar um hábito e você nem terá que pensar tanto ou se fazer tantas perguntas a cada passo financeiro.

Dessa forma, você deve colocar no seu planejamento todos estes desejos. Destinando de 10%  a 20% do orçamento para estes sonhos.

+ Recomendado: Como Organizar as Finanças em 8 Passos

5° Passo: Poupança ou Investimentos

Certamente, um planejamento financeiro não pode deixar de fora as economias em longo prazo.

Desse modo, planeje reservar 10% de sua renda para a sua poupança.

Não tenha medo de guardar dinheiro, este valor por menor que seja pode te ajudar muito no futuro.

Se acaso você não pode poupar 10%, poupe 5%, mas não deixe de colocar a sua reserva de emergência no planejamento.

Em suma, estes são os 5 passos para criar um Planejamento Financeiro Mensal.

Seguindo estes passos, sem dúvida as suas finanças vão ficar organizadas todos os meses, e aquela sensação de “preciso ganhar mais”, será reduzida.

Mas claro, se mesmo sendo organizado, você de fato achar que precisa de mais, vale a pena buscar uma fonte de renda extra.

Você pode conferir algumas ideias, no post abaixo:

+ Leia: Tendências de Negócios para Renda Extra

Me siga no Instagram: @blogtrinteimudei

Um abraço e até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *