Conheça a loja com posts personalizados para Instagram!

Quero saber mais!


	

Como fazer um e-mail marketing que garante vendas

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Rafaela Azevedo

Pelo contrário do que muitos pensam, o e-mail marketing não morreu, e ainda é responsável por uma grande fatia de vendas, tanto de empresas quanto de afiliados.

O que acontece é que muitas pessoas utilizam a ferramenta de forma errada, ou melhor, se comunicam através dela de forma errada, o que acaba diminuindo os resultados.

Se acaso você é uma destas pessoas que deseja ganhar dinheiro na internet, utilizando o e-mail marketing, leia este post até o final!

Eu vou te apresentar 7 passos práticos para você entender como criar um e-mail marketing poderoso e gerar muitas vendas!

+ Para ler depois: Copy – O que é, e como fazer uma copy perfeita

Passo 1 – Seja natural

De fato, nada é mais chato para quem recebe um e-mail, do que e-mails escritos de forma totalmente robótica, que deixam na cara que foram escritos para centenas de pessoas, e só faltam ter em seu título “Olá, mais um na multidão”.

Ao se comunicar com o seu cliente/futuro cliente, a naturalidade deve estar em foco.

Quem recebe o seu e-mail deve se sentir em uma conversa pessoal, e não em uma palestra da faculdade.

Se possível, faça uma configuração para que os e-mails sejam direcionados com os nomes das pessoas.

Isto sem dúvida cria muita proximidade.

Passo 2 – Seja breve

Em segundo lugar, seja breve.

Não adianta querer contar toda a sua vida, nem grandes histórias através do e-mail.

O e-mail deve ser uma breve apresentação, um convite, um gatilho mental para a ação que você deseja que o seu lead tenha.

Dessa forma, você deve ser breve.

Escreva poucas linhas com frases curtas e objetivas, apenas para despertar o desejo para que ele siga em frente com a ação (conhecer o produto, ler o seu post, visitar o seu site, etc.)

Ser breve, ajuda na construção de relacionamento, pois, o seu leitor certamente vai pensar qual será a próxima mensagem, ou conteúdo que você vai entregar.

Passo 3 – Entregue conteúdo

Construir um e-mail breve não significa que você não deve entregar conteúdo.

O seu e-mail deve entregar algo útil para o seu lead, para fazer com que ele confie em você e na sua marca.

Decerto, entregar conteúdo, ajuda na construção de relacionamento com o seu cliente e o relacionamento é o item fundamental para a realização de vendas.

Passo 4 – Capriche no título

No post sobre como criar títulos impactantes, eu falo sobre o quanto o título é importante na comunicação na internet. Eles são responsáveis por 90% do sucesso de um conteúdo, independente da mídia.

Não seria diferente no e-mail!

Todos os campos do seu e-mail devem ter estratégias de copy e serem persuasivos, mas certamente nenhum deles é tão importante quanto o título.

Sem dúvida, o título irá determinar se o seu e-mail será aberto ou não. Portanto, capriche!

Passo 5 – CTA

Em todo e-mail, chame o seu lead para tomar alguma ação.

O conteúdo total pode até ser entregue direto no e-mail, mas sempre convide o seu cliente para fazer alguma coisa.

Assistir um vídeo, ler um post, visitar o seu site, ser seu amigo nas redes sociais.

Enfim, de acordo com a sua estratégia do momento, sempre convide o seu potencial cliente para prosseguir com a relação de vocês.

Passo 6 – Não venda

A melhor forma de vender por e-mail, é não vender!

Certamente parece algo contraditório, contudo a melhor estratégia de venda é não vender diretamente.

Com toda a certeza, você pode sim oferecer produtos em seus e-mails de forma direta.

Mas para que este e-mail tenha sucesso, você deve em primeiro lugar ter construído uma relação e entregue bastante conteúdo para o seu lead.

Assim sendo, um e-mail de venda deve acontecer apenas após uma boa sequência de e-mails de relacionamento, com copys e gatilhos mentais que irão levar a aceitação do e-mail de venda com mais facilidade.

Passo 7 – Copy e persuasão

Para que todo o trabalho anterior não seja perdido, o seu e-mail deve ser escrito de forma persuasiva.

Ou seja, ser estruturado com uma copy atrativa que contenha gatilhos mentais, que consigam “cumprir a missão” de levar o lead, a tomar a ação desejada.

Em suma, estas são os 7 passos para escrever um bom e-mail. Espero que este post tenha te ajudado de alguma forma a entender como vender por e-mail.

Lembre-se: Nunca se questione por que usar e-mail marketing, e sim como fazer um e-mail marketing que vende, afinal esta é uma das melhores estratégias atuais para um negócio de sucesso!

Se acaso você tem dúvidas ou sugestões, deixe aqui nos comentários 🙂

Me siga no Instagram: @blogtrinteimudei

Até breve!

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


2 Comentários

  • Gabi diz:

    E-mail marketing é uma importante ferramenta do marketing digital para vender-se aumentar nossos ganhos

    1. Rafaela Azevedo diz:

      Exato, Gabi! Uma excelente ferramenta para termos maior comunicação com o nosso público.

  • error: O conteúdo está protegido !!

    Damos valor à sua privacidade

    Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

    Cookies estritamente necessários

    Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

    Cookies de desempenho

    Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

    Cookies de funcionalidade

    Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

    Cookies de publicidade

    Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

    Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

    Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.